domingo, 11 de fevereiro de 2018

Pois sim , é carnaval !



Enfim é Carnaval! Os dias são intensos e de muita alegria .

 Brasil inteiro cai na folia. Tudo parece ficar mais colorido  para quem curte .  Tudo parece fluir na magia das fantasias e dos passos na avenida . É um desejo único e extremo o querer  brilhar nas passarelas .

 Há quem goste , há quem não goste ! Há quem dá a vida para brilhar na avenida . Outros se contentam em apenas observar . 

Uns se retiram para rezar , outros preferem viajar ou acampar em ranchos rurais .
 Enfim , seja rezando , dançando na avenida ou viajando, o bom mesmo é curtir o feriadão. Afinal são 3 ou 4 dias para "deixar a tristeza prá lá " . Dias para fugir da rotina.

Na quarta feira de cinzas , tudo começa a voltar ao normal . Alguns satisfeitos , outros preocupados . Muitos trazem saudades , outros preocupações . Afinal a falta de limites nos dias de Carnaval pode trazer consequências irreversíveis .

Por mais dois dias ainda a folia continua . Termine seus dias carnavalescos com alegria e não trazendo melancolia .




sábado, 10 de fevereiro de 2018

Manhãs de chuva também tem o seu valor

UMA MANHA CHUVOSA
Abro os olhos devagar , desperto ! Um barulhinho como que de água caindo atrás da casa chama minha atenção. Penso comigo : "Novamente travou o mecanismo da bóia na caixa d´água em cima do telhado.  Está vazando água pelo ladrão" Tem acontecido sequencialmente nos últimos meses.

Sentidos alerta , abro a janela devagar . E não é que está chovendo ?
Uma chuva mansa,dessas que embalam sentimentos e despertam lembranças . 
Fico um pouco ali na janela a contemplar aquela serenidade . Restos da madrugada ainda presente na meia escuridão , a brisa fresca batendo no rosto .
Pudera ! O calor da noite foi insuportável .

É bom olhar a chuva pela janela . Traz nostalgia , mas também uma leveza na alma . 
Um dia de chuva pode ser lastimável para alguns , bonito para outros ,poéticos e inspiradores para os mais românticos .Enquanto que para alguns outros  pode significar vida que se renova após período de longa estiagem . Tudo depende da expectativa e da ótica de quem vê. .

Eu , particularmente , naquele momento pensei que seria uma boa hora para retornar aos lençóis frescos. E saboreando uma boa xícara de café , ficar ali no leito ao som da suave melodia dos telhados . Me postar em frente à TV ,às vezes atenta ou mesmo deixando o pensamento divagar entre o tudo e o nada , enquanto as vozes da TV se perdessem absorvidas pelas minhas lembranças …

Mas , a vida pede urgência . Hoje não dá para satisfazer meus desejos de luxo  . Um compromisso me espera . 
Depois da rápida higiene matinal e já tendo feito minha primeira refeição  , eis-me à rua que se encontra silenciosa e vazia . A manhã de sábado se encontra silenciosa e coberta por uma leve neblina. Ninguém à vista . Hoje não temos o movimento dos estudantes que com sol ou chuva despertam a manhã com suas mochilas coloridas .

Tento caminhar na chuva . Afinal , a escola-polo fica perto de casa . Mas a chuva ainda é intensa . Minha sombrinha não é suficiente para me proteger dos respingos da mesma . Assim , vou ficar encharcada até chegar ao meu destino .

Volto e tiro o carro da garagem . Em poucos minutos estou lá . Surpresa a monitora me olha . Claro que pensou que eu não iria , como disse ao final da aula . Mas , compromisso é compromisso!Apesar da chuva , eu estava lá ...E muito bem disposta ...

E posso dizer que valeu a pena . O módulo de hoje foi realmente muito produtivo e ajudou a ampliar meus conhecimentos ..

Edite 




Bem poetizou Fernando Pessoa : "Cada dia com sua beleza , seja ele de sol ou de chuva !"


































segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

MEU PASSADO ME CONDENA



Não devemos julgar e muito menos condenar alguém pelos erros do passado . Muitos depois de muitas peripécias na vida um dia acabam por encontrar um outro caminho e encaram seus erros do passado como uma lição de vida .

Mas , também não adianta dizer que só as atitudes do presente é que contam . Por mais que a conduta tenha tomado rumos melhores sempre haverá o fantasma do passado a rondar . E ao menor desvio cai por terra a “fachada “ de bom rapaz, sobressaindo sempre o erro .


Um passado recheado de atitudes negativas , erros indubitáveis , sempre deixa marcas . Muitas, difíceis de serem apagadas . “Esquece-se-se” delas momentaneamente ou convenientemente. Finge-se conviver bem com as mazelas do passado.  Mas elas estão ali , sempre apontando o dedo acusador

Ter uma perspectiva de vida melhor envolve mudança não só de posturas , mas também é preciso abandonar amizades perigosas para nosso caminhar . Não fique preso ao passado . Mantenha o foco no presente para ter um passado de boas recordações e o futuro dependerá de por onde você andou e o que fez.

Muitos jovens , na sua impulsividade da juventude agem falta de experiência e irresponsabilidade. Acabam por se envolver com falsas amizades que colaboram a para que se aprofundem na lama .

Os anos passam , a idade chega e talvez um pouco tarde demais procuram se encaixar na sociedade ,formar uma família . Seu passado também não colabora para que seja bem sucedido na escolha de sua parceira . Vem o primeiro filho e agora são três a sofrer com as consequências do passado torto . Um verdadeiro tripé onde apenas dois são o sustentáculo e o terceiro depende do equilíbrio das duas hastes. SE não houver um bom equilíbrio sofrerá , claro, a haste mais fraca .

Muito triste e inadmissível essa situação onde presenciamos a criança indefesa ainda tão pequena, vítima do erros dos pais e correndo o risco de ser tirada dos lar por irresponsabilidade e abandono de menor .

Corta o coração quando ouvimos do envolvido : Já não adianta mais . Eu estou marcado . Perdi a credibilidade . Nada que eu faça ou fale colabora para que eu deixe de ser rotulado . Ah , se eu soubesse que tudo ia terminar assim....Mas não dá para voltar atrás !

E então ,o que tem feito para mudar seu presente ?
Com os olhos voltados para o passado e lamentações não se consegue construir um novo começo .

É focando no presente , construindo uma vida nova para ter boas recordações passadas, que consequentemente o futuro surgirá mais promissor .

edite 







segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Tarde quente , tarde chuvosa



Na pequena sala , janela escancarada 
Sentindo o calor abafado do verão
Na longanimidade quase adormeço
Em frente a TV a ver a programação

Quando dei por mim 
O céu totalmente escuro
Anunciando chuva repentina
Que vinha refrescar o período vespertino

Pingos tímidos começam a cair
A brisa fresca a penetrar pela janela 
Embalando suavemente o cortinado
Refrescando o ambiente 
Que pedia aconchego

Fico ali em minha companhia 
Pensamentos perdidos na mente 
No aparador a xícara de café quente
A esperar que eu saia da letargia  

edite lima

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Deixando a mente vaguear


Chegamos ao supermercado !O mesmo vai-vem de sempre .
Carros que chegam , carros que saem
Pessoas empurrando carrinhos , outras saindo com pequenas sacolas...
Como sempre , muito movimento ali naquele pequeno espaço entre o estacionamento e a porta de entrada .

É sempre assim , qualquer que seja o dia da semana há sempre muita gente .
Afinal, é próprio do ser humano satisfazer em primeiro lugar as necessidades ligadas à sua sobrevivência . E a alimentação é uma delas .

Não sou muito amiga de supermercados . Então adotei uma medida prática . Enquanto estou na cozinha entre minhas panelas , vou anotando num bloquinho tudo que percebo estar faltando ou perto de terminar . E assim, vou adiando minha ida ao super mercado até que tenha uma lista bem “rechonchuda” ou até o dia em que perceba que não dá mais para ficar esperando . Certos "buracos" na geladeira ou na prateleira do armário precisam ser urgentemente preenchidos .

Vou adiando minha ida ao supermercado até o último momento . E isto , porque o supermercado fica a duas quadras de casa …

Bem , então nesta tarde como estava apenas de acompanhante , decidi esperar do lado de fora.
Instalei-me confortavelmente num banco com visão bem abrangente tanto de quem entrava quanto de quem saía e enquanto saboreava minha “casquinha de chocolate"  fiquei a observar o movimento .

Quantas daquelas pessoas que ali estavam teriam feito uma compra planejada , daquelas em que se segue religiosamente uma lista?
Com a crise econômica dos dias de hoje , é preciso planejamento . Caso contrário corre-se o risco de comprar por impulso ou escolher mercadorias aleatoriamente motivado pela embalagem , pelo sonho de consumo ou pela propaganda que viu na TV. . E , muitas vezes acaba-se por desequilibrar o orçamento .

Muitos sabem disso , e então  vão ao supermercado visando aproveitar promoções . Tenho uma amiga que diz “amar” ir ao supermercado e está sempre se vangloriando das economias que faz usando esta estratégia de promoções .


Ufa ! Haja paciência para estar “todo dia “ no supermercado! Claro que os horti frutigranjeiros vão exigir uma maior frequência ao supermercado . Mas , mesmo assim , evito o máximo que posso  minha ida nesse local. Afinal faço compras apenas para dois . E, se souber me planejar bem ,terei a despensa e geladeira quase sempre bem suprida .












terça-feira, 23 de janeiro de 2018

TEMPO DE MANGAS



Mangas ...mangas...mangas...

Difícil não ouvir o som de uma manga se espatifando no chão de meu quintal . Seja durante o dia , seja durante a noite ! Plaft … ploft...
Ah, mangueira do fundo do meu quintal ! Tão cobiçada pelos que aqui passam . Alguns recolhem as que estão na calçada do quintal , outros até se arriscam em escadas para derrubar uma mais cobiçada nas alturas ou pegá-la em cima do telhado
Mangueira do fundo de meu quintal , tão bela e produtiva! Enorme como a torre de babel ! Morada das maritacas que ali também se instalaram para não perder tão saborosa comida .

E , acreditem , a mangueira não é propriedade minha , mas cresceu junto ao muro que faz limite com o vizinho e minha edícula . 

Ploft . Plaft , dia e noite quebrando telhas e derrubando vasos de meu pequeno cantinho de flores .

Claro que gosto de mangas ! Manga lembra a infância embaicxo das mangueiras colhendo fruta do pé e chupando até deixar branco o caroço . Manga lembra  sucos frescos e suculentos . Manga lembra deliciosos pratos na culinária .
Eu particularmente gosto de cortar a manga em quadradinhos e saboreá-la nas refeições . 

Em restaurantes a encontramos em saladas nas mais diversas combinações . Nos supermercados chamam a atenção pelo tom amarelo alaranjado ou vermelho rubro 


Palmer , hadem , tomy ou mesmo as comuns : 
mangas rosas deliciosas e perfumadas , coquinho com sua forma arredondada e doces como o mel.
Bourbons com seu sabor especial , espadas … e tantas outras. 

 Cada uma com sua característica própria, ao agrado do paladar mais apurado . Com fiapo , sem fiapo … Variedades...

Mangas , mangas , mangas … deliciosas e suculentas e vitaminadas .  
Originárias da India , Paquistão e Filipinas. 
 Manga , árvore símbolo de Bangladesh!
Mangas... que se deram tão bem no Brasil ! Queridinha dos brasileiros !

Mas prefiro vê-las nas gôndolas do supermercado ou nos pomares rurais a vê-las trazendo  sujeira e causando  outros  prejuízos no meu quintal !




domingo, 21 de janeiro de 2018

O amor "nem " tudo suporta !

"O amor tudo sofre , tudo crê , tudo espera , tudo suporta "Co 13,7


Foi diante dessa bela passagem bíblica que me detive : O amor deve suportar tudo mesmo ? Amar é sinonimo de suportar ?

"Muitas vezes, a maior prova de amor que podemos dar a uma pessoa é não conviver mais com ela."

Esta é uma outra frase com a qual me deparei dias atrás , e também pus-me a refletir sobre ela .Engana-se quem pensa que amor é permanecer indefinidamente , suportando absolutamente tudo que lhe faz mal e traz amargura  e dor .

 A maior prova de amor próprio que o ser humano pode dar a si mesmo é desistindo de uma relação que só lhe faz mal .Só vale a pena insistir na relação se o outro estiver disposto a retribuir com a mesma intensidade . Caso contrário é melhor se afastar . 
Isto vale para todas as relações interpessoais quer entre homem e mulher ou entre familiares e amigos .

O amor , por sua natureza divina e por isso bela,  deveria nos proporcionar apenas sentimentos também belos e divinos .Quando isso não acontece , não está havendo reciprocidade de sentimentos . Apenas uma parte ama e "suporta"...a outra apenas usa da vulnerabilidade e fraqueza oposta  para execrá-la .

Certo é que a caridade nos diz da necessidade de aprender a conviver com os defeitos de quem amamos . Mas , por outro lado , diferente é "suportar" conviver com alguém que só nos causa dor e desgaste emocional.

Sei também que não podemos criar expectativa de relacionamentos perfeitos . Afinal , como disse no outro texto "ESTAMOS EM CONSTRUÇÃO". E se estamos em construção é porque ainda estamos nos aperfeiçoando. 

Na nossa vivência diária muitas vezes erramos , tomamos decisões erradas , falhamos e acabamos por magoar a quem amamos . Mas numa boa relação sempre haverá  a compreensão , o perdão , o reconhecimento do erro . Magoar e perdoar, duas facetas da vida que devem caminhar lado a lado .  Fazem parte do nosso crescimento como seres humanos . 

Um coração  que não sabe perdoar , não conhece o maior ensinamento que Jesus nos deixou : o amor acima de tudo .
 Não conhece a beleza das palavras do Pai nosso : perdoai as nossas ofensas , assim como nós perdoamos ... 
"Como proferir essas palavras do Pai Nosso se ainda guarda rancor de seu irmão ?"

Eu fico pensando até que ponto vale a pena continuar numa relação que não te traz paz , que te tira do sério e te faz sentir a última das criaturas . 

Porque "Suportar" uma relação que só lhe rouba a energia e a paz interior ? " Suportar ' pessoas que só nos trazem momentos ruins é "autodestruição " 

Insistir , persistir e jamais desistir reza o manual das boas relações afetivas .
Mas e se depois de muito insistir , de muito sofrer , de muitas lágrimas , muita insônia e momentos depreciativos , não há a menor chance de reaproximação e sim , quanto mais se insiste mais se é repudiado , conclui-se que " amor também é expulsar da vida tudo aquilo que só nos traz caos e amargura".

Nem o mais puro e verdadeiro amor existente em nós   justifica "suportar" algo ou alguém que nos machuque , nos magoe e nos faça infeliz .  .

E vamos viver em paz , pelo menos aparentemente , porque uma paz a esse custo é dolorido demais !


Quando nos afastamos do fogo , cessa a queimadura , mas a dor da parte que já foi queimada permanece, e após curada fica a cicatriz .