sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Madrugada insone


Madrugada fria, silenciosa
Abro os olhos na escuridão da noite
Noite longa. Povoada de fantasmas.
Por mais que eu tente afastá-los
Eles insistem em povoar meus pensamentos
O silêncio na casa é reinante
Apenas o TIC TAC do relógio a quebrar a monotonia
Porque o sono não vem?
Porque minha mente insiste em viajar
Por mundos tão distantes?
Tento rezar
A concentração foge. Não consigo dizer preces prontas
Mas sei que Ele está ali
É nestes momentos de abandono que o sinto mais presente
Sinto-o como se estivesse sentado a meu lado
Na beirada de minha cama. Até me afasto um pouco para que Ele se ajeite melhor
E Ele fica ali me acalentando, vigiando meu sono
Entendendo minhas angústias
Então fujo das preces prontas
Assim a conversa flui melhor
E digo a Ele que a seu lado me sinto mais tranqüila
Porque sei que me escuta
Entende minhas fraquezas, Minhas omissões
Sabe da minha vontade de que tudo se transforme
Apenas ainda não achei o jeito
Não estou compreendendo seus sinais
Mas confio em que vai me ajudar
A encontrar não um novo caminho
Mas um jeito novo de caminhar.
E então timidamente peço:
“Fica mais um pouco, Deus, até que o sono venha e eu possa voltar a dormir....”


Este texto escrevi-o já há alguns anos. Mas ele continua atual, porque minha companheira insônia não me abandona nunca!


4 comentários:

  1. Oi minha querida, quero te agradecer, vc me ajuda muito, não imagina o quanto, Madrugada Isone, Depressão doença ou falta de Fé! Estou aqui abarrotada de remédios e ainda não dormi. Deus tem que fazer suaa obra estou esperando!!!
    Queria muito deixar o comentário sem ser anônimo, mas não consigo não sei porque...Hoje estou aqui escrevendo, mais há maioria das vezes não tenho vontade nem de comp.obrigada novamente por escrever coisas que me faz sentir melhor, bjs fica com Deus sempre.
    Geiza Pinheiro - RIO DE JANEIRO
    E a mesma Geiza Margarida, mas não consigo deixar com esse nome e aparecer o desenho.Paz e Bem!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Geisa, obrigada pela visita. Puxa! Vc me surpreendeu ao falar deste texto "Depressão ou falta de fé". Quando o escrevi também estava em uma crise "brava" de depressão. Ainda estou em tratamento de manutenção. Mas em momentos de verdadeiro abandono, sempre busquei a Deus, mesmo que aparentemente eu não o sentisse. É um período realmente muito difícil. Espero que vc supere, assim como eu. Confie sempre em Deus e tenha certeza que Ele está sempre a seu lado.
      Não se preocupe em deixar comentário como anônimo. Apenas escreva seu nome no final do comentário, para identificação.
      Bjs.

      Excluir
  2. É a insônia continua! É o texto continua atualizado!

    ResponderExcluir
  3. É a insônia continua! É o texto continua atualizado!

    ResponderExcluir