sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Salas de espera

Esperando...esperando...

Aguardar em sala de espera é sempre muito enfadonho e cansativo. Em se tratando de salas de espera em clínicas médicas ou hospitais, então mais maçante fica ainda. Problemas de saúde não podem ser adiados. Então, o que se tem a fazer é esperar e esperar... Não dá para desistir e voltar num outro dia.
Não entendo porque, mas os senhores médicos estão sempre muito atrasados. E devem pensar que também temos todo o tempo do mundo. Agendamos nossa consulta com uma antecedência absurda e, chegado o dia, temos que esperar muito tempo até que sejamos atendidos. Por vezes, esperamos horas. Outro dia vi uma paciente desistir e sair “pisando duro” após esperar mais de uma hora . Eu estava na mesma situação, mas ir embora , jamais. O remédio é tomar mesmo um “chá de cadeira” do que ter que voltar em outro dia.
Uma das mais frequentes queixas em consultórios médicos é o atraso na consulta. Sertá que uma agenda melhor organizada e uma melhor administração de seus horários não poderiam resolver o problema? Conheço poucos médicos que respeitam o paciente nesse sentido.
Às vezes é difícil controlar o atraso. Tem sempre osinesperados “encaixes” do qual todos nós em alguma ocasião nos valemos dele. Mas isso não deve ser uma constante. Só em caso excepcionais se deve lançar mão desse recurso. No restante, cada um que aguarde seu dia e seu horário.
E como passar o tempo que se arrasta milimetricamente quando estamos esperando?
As clínicas hoje em dia priorizam o ambiente. São sempe muito confortáveis com bons estofados, agúa chá bolachas , balas. Pelo menos enquanto esperamos nos entupimos de café e água e afanamos uma meia dúzia de balas.
Revistas, têm aos montes. Todas velhas e desatualizadas, muitas até rasgadas. A TV lá no alto, não tem som, porque numa sala de espera prioriza-se o silêncio. Então, já que teremos que esperar tanto, porque ainda não se pensou numa sala só pra TV? O paciente fica ali de olhos fixos forçando a audição a ver se consegue ouvir algo. Muitos até simulam um sorriso diante de certas cenas, assistindo ao cinema mudo.
Eu já desisti de ver TV em salas de espera. Prefiro folhear uma revista, mesmo que antiga . Fico ali folheando , lendo as manchetes e “olhando as gravuras”. Se algo me chama a atenção, então leio. Uma chatice. Bom mesmo é quando a gente não se esquece de levar a leitura de casa. Um bom livro faz toda a diferença.

No post abaixo conto alguns “casos reais “ de consultórios envolvendo “revistas”

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? E voc~e já reparou que sempre a TV está ligada na Globo? Ontem mesmo fui ao Correio e estava na "poderosa"... Bjs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  2. Bem lembrado Fábio! É... a poderosa1 Não temos nem opção de escolha!

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre levo um livro, Edite.

    Ou as revistas de consultório são de fofoca ou estão séculos desatualizadas...

    ResponderExcluir
  4. Tem razão Ana. E confesso que na falta de opção o jeito é apelar prás revistas de fofocas mesmo. Afinal o tempo de espera tem que ser ocupado de alguma forma. E nestas revistas, se adquire tanta " cultura", vc não acha? rsssss.. ou será "conhecimento". Só assim invadimos a privacidade dos ditos "famosos"....

    ResponderExcluir