quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Gente que inspira gente!

Amor, antídoto contra a velhice

Conheci dona Nenê ao  saborear os deliciosos salgados que faz.
Trata-se de uma senhora idosa, mas completamente ativa...
Sob seus cuidados um marido doente e uma casa que é um brinco, de tão bem zelada, mas que não a impedem de exercer uma atividade extra. 
Fazer salgadinhos é o seu forte. E o faz muito bem.
Quando me deparo com pessoas como dona Nenê, me bate um quê de constrangimento diante de minhas atitudes na rotina diária.
O vigor de Dona Nenê,paradoxalmente, me comove e me assusta.
Me comove porque analisando o meu dia a dia não vejo em mim esse entusiasmo  todo que percebo nela pelos afazeres diários. Muito menos, me julgo possuidora de todo esse vigor.
 Muitas vezes até me sinto atolada pelos afazeres e compromissos e com minha resistência física definhando E olha que, comparando à dona Nenê, sou uma criança.( tola e mimada, porque não dizer).
Mas também, me assusta uma velhice assim com esse compromisso e responsabilidade incomuns..
Na minha concepção, uma pessoa idosa necessita  ter uma vida mais tranqüila, afeita apenas às pequenas obrigações do dia a dia.   Atividades extras são bem vindas, mas não devem causar estresse ou desgaste físico.
  Considero muito relevante poder contar com um tempo para repouso, uma boa leitura ou apenas desfrutar do prazer de um bom papo com seu companheiro ou qualquer outra pessoa de seu convívio.
 Mas que fazer, a vida muitas vezes nos  força a sermos mais entusiastas com ela. 
Fico a refletir onde dona Nenê encontra tamanha vitalidade no seu dia a dia.
Mas ela mesma me dá a resposta na sua sabedoria acumulada: “Deus dá a força, minha filha!”
Claro, dona Nenê, concordo com a senhora. Mas tem também aquele outro ditado:”Deus ajuda a quem cedo madruga”.
É bem por aí .
Dona Nenê busca a "força de Deus” e a coloca em prática.
O segredo de dona Nenê é o AMOR, porque o Amor nos rejuvenesce.
Envelhecemos quando jogamos fora o Amor. O Amor é o antídoto que afasta a doença e ameniza a dor.” (Fábio de Melo)

E assim caminha dona Nenê. Através do Amor consegue ver muito além dela mesma. É dessas pessoas que acrescentam vida à sua idade.
Como as calçadas de sua casa, que mesmo em tempo de chuvas ininterruptas ela tem o cuidado de não deixar embolorar, sua alma também recebe os mesmos cuidados.
Não embolora nunca!


Dona Nenê é gente que inspira... 

poderá também gostar de:



2 comentários:

  1. Edite, seus textos são excelentes!!!

    Não consigo vê-la como uma pessoa sem o entusiamo e dinamismo da dona Nenê...

    ResponderExcluir
  2. Sabe, Ana Faz muito tempo que não vejo essa senhora. Mas nunca me esqueço de seu ar sempre alegre e de bem com a vida, apesar das dificuldades. pessoas como ela são como molas propulsoras a nos impulsionar sempre. elas nos falam pelas suas atitudes a não desistir nunca, a confiar , a ter esperança ...

    ResponderExcluir