terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Quando bate aquela tristeza




Sabe quando tudo parece bem , e de repente uma manhã você acorda e percebe que algo não vai bem com seus sentimentos ?
Uma avalanche de pensamentos negativos surgem como que do nada . Lembranças passadas , frustrações , sensação de abandono …e por aí vai .
Faz-se um esforço enorme para levantar . A vontade é ficar ali quietinha e deixar o tempo correr !
Procura-se falar com Deus , mas os pensamentos se atropelam ! Então melhor ficar calada e apenas murmurar como naquela canção do saudoso Antonio Marcos : “ Eu hoje estou tão triste , eu precisava tanto conversar com Deus ..."
Fico ali calada e deixo que o Senhor leia o meu coração e o tranquilize . Apenas elevo um pensamento : “ Senhor , eu estou aqui e Tu estás aí , conheces meus pensamentos , minhas dores e tristezas . Estou em Tuas mãos .”

Não sei dizer o porquê dessa sensação de abandono , de solidão e até de inutilidade .
Uma sensação pesada e frustrante que vai tomando espaço , vai crescendo um vazio dentro da gente e até uma angústia fica ali rondando e te deixando cada vez mais triste.
Eu não sei dizer o porque de tudo isso , mas é claro que deve ter uma razão escondida . Talvez uma somatização dos acontecimentos da vida , situações mal resolvidas , uma necessidade maior de compreensão e acolhimento

A luta interior é grande para sair daquele torpor que sufoca e asfixia . E é isso que eu acho pior: o esforço para fugir de tudo aquilo que me sufoca acaba por deixar-me irrtada , com um humor horrível e um desejo enorme de fugir de todos .
Quero ficar só com minhas frustrações . E isso me incomoda .Porque sei que algo está errado , e quero corrigir

Mas tenho que me respeitar , respeitar também quem comigo convive ou cruza o meu caminho . Uma psicóloga certa vez me disse : “respeite esse seu mau dia ! Quer ficar sozinha , fique ! Quer ficar recolhida no quarto , fique ! Não é uma situação que vai ser rotineira . Você vai sair deste baixo astral !”



Fernando Piccinini Jr. em seu livro “BOAS PALAVRAS “ também tem uma recomendação para esse  “ mau dia “

Você não tem obrigação de todo dia acordar cheio de luz , bem humorado , irradiando alegria para todo mundo . Mas tem o dever de respeitar o outro , avisando quando não está bem . Simbolicamente , ponha uma plaquinha na sua frente “ HOJE NÃO ESTOU BEM" 
Assim os outros terão mais cuidado ao lidar com você" .

Tenho tentado aplicar esta tática , para evitar más interpretações . Armo -me de coragem e vou logo dizendo “ Hoje não estou bem . Não nterprete mau meus silêncios prolongados" . Quero ficar só , recolhida no quarto . Não é nada com você . É apenas um momento , ou uma fase . Mas logo vai passar ." 

Um , dois , três dias … e quando sinto-me melhor já logo se percebe pela mudança de comportamento . Então também vou logo dizendo : “Já estou melhor , estou me sentindo mais animada hoje “ Dessa forma eu me auto-respeito e respeito o espaço do outro , evito más interpretações .

E assim , novos dias vão surgindo !




Nenhum comentário:

Postar um comentário