sábado, 29 de julho de 2017

CONVIVENDO COM OS AVÓS



Não poderia deixar de falar aqui sobre essas maravilhosas pessoinhas que são os avós, que teve sua data comemorativa no dia 26 de Julho .
O dia especial do calendário já passou , mas o afeto entre avós e netos é diário , e por isso nunca é tarde para estar falando sobre essa relação afetiva.

Pessoas especiais que Deus colocou na vida dos netos para que eles sintam um afeto diferente do afeto dos pais . Um afeto meloso , mas também cuidadoso Um afeto alicerçado numa porção de permissividade , mas que não abandona a disciplina . A diferença é que avós estão sempre tentando recuperar o tempo que não tiveram com os filhos , procurando fazer com os netos aquilo que não puderam o privilégio de fazer para os filhos .




Acontece que os tempos mudaram e muitas vovós hoje ainda trabalham e tem que aprender a conciliar o tempo despendido no trabalho com o tempo de lazer e atenção aos pimpolhos .
As avós de nossos dias são ativas e gostam de viajar , conhecer novos lugares , novas culturas . O que acaba muitas vezes impedindo que estejam presentes em algum evento familiar , pois quando se trata de viagem é preciso organização antecipada , o que pode coincidir por exemplo com uma data importante da família . Nada que não possa ser resolvido com uma boa conversa e compreensão de ambos os lados . Daí a gerar conflito , considero uma infantilidade da parte daquele que se sente ofendido , pois os filhos e netos devem lembrar que os “avós também tem vida pessoal " e que esta deve ser respeitada.

É importante que os netos percebam essa relação de respeito entre seus pais e seus avós . Quando isso não acontece , sentem -se divididos , pois amam tanto os pais como os avós , mesmo que de forma diferente e uma crise de ambos os lados entristece-os e os deixa inseguros .




Quer conhecer um lugar onde mora a paciência , onde quase tudo é permitido , onde mora o aconchego e as melhores histórias ?

Quer conhecer as histórias tradicionais da infância ? Vá na casa da vovó . Lá sempre tem “escondidinho" alguns livros de aventuras de seu tempo de criança
Nos dias de hoje poucas histórias infantis do tempo da vovó aparecem no currículo escolar das crianças . Recuperar histórias e brincadeiras infantis do tempo da vovó é muito importante para o resgate da cultura e faz a criança voltar no tempo , um tempo quase inatingível para elas , mas que faz com que compreendam o evoluir das épocas .e tenham uma melhor visão de presente , passado e futuro.

Conviver com os avós é uma experiência rica para ambos os lados . Assim como os avós representam uma ponte entre o presente e o passado , ao conviver com os netos , os avós vão buscar dentro de si um resgate da criança que foi , um resquício da juventude há tanto tempo esquecida . Voltam seu olhar mais atento para sua saúde , porque sua meta é acompanhar o crescimento e evolução dos netos em todos os sentidos.
E muitas , como eu, já vislumbram o primeiro diplominha dos netos, a primeira eucaristia … etc , etc... e quem sabe o ápice de sua formação escolar !


Bem , mas vamos devagar … o que já vivi com eles me deixa feliz e me enche de orgulho . O resto, só o tempo dirá!



Um comentário:

  1. Que lindo! Essa relação é maravilhosa e nasce naturalmente! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir